Arraiô

Quando Camila Meccia recebeu nosso convite para ser entrevistada, foi prontamente solícita, prática e objetiva. Em menos de 24h, nos recebeu, em seu consultório, entre um atendimento e outro. Com agenda sempre cheia e pacientes sempre satisfeitos, ela tem seu nome repercutido por ser uma das profissionais que mais lidam com produtos naturais, orgânicos e veganos, além de pregar uma filosofia de cuidado integrado, entre corpo, mente e espírito. Formada em Medicina e Dermatologista Membro das Sociedades Brasileira e Americana de Dermatologia, ela é um dos maiores expoentes do segmento. Camila representa uma nova geração de profissionais, que estão atentas às grandes causas do século e que atrai um público que busca se cuidar, prevenir os danos na pele e envelhecer bem. “Nosso papel é realizar uma dermatologia integrativa, gosto desse nome e ele reflete exatamente esse conceito que alia beleza e saúde”, nos disse.

Que os padrões de beleza mudaram muito nos últimos anos, não é novidade, e Camila nota que hoje em dia, todo mundo quer sair bonito na selfie: “Atendemos pessoas de todas as idades e percebo que essa geração atual de de adolescentes, que é  tão conectada, já busca cuidados para que a exposição nas redes sociais seja feita de uma forma mais bonita e saudável”. Perguntamos se ele seu debruçar sobre sustentabilidade e produtos naturais foi uma tendência que chegou na sua porta, mas ela discorre: “É um estilo de vida que sempre segui e tive conhecimento. Minha mãe foi vegana durante anos, sempre tivemos cuidados maiores com a alimentação. Mas hoje isso vai além e falo muito com meus pacientes sobre sustentabilidade como um todo, desde o consumo desenfreado de produtos de beleza, até as informações sobre o método de mão de obra que há atrás daquelas marcas, passando pelas que não utilizam mais testes em animais, e por aí vai. Vejo marcas como The Body Shop, Gaya, Chanel, Shiseido, que ou já têm esse conceito intrínseco ou despertaram para isso”.

Perguntamos se a dermatologia ainda é associada ao medo do envelhecimento ou se isso mudou e Camila garante que as pessoas que lhe buscam hoje em dia, de todas as idades, sempre querem melhorar : “Você pode ter 60 anos, mas existem formas e atitudes que vão retardar o envelhecimento. O mesmo ocorre se você tem 20”. A médica também alerta que os grandes vilões que agem contra os cuidados da pele atualmente são a poluição e o stress: “O cansaço, a falta de sono, e o stress como um todo – tão presente hoje em dia na vida de todas as pessoas que trabalham – traz grandes danos a pele do nosso corpo, assim como a poluição que muitas vezes somos submetidos no nosso dia-a-dia”, disse. Por fim, citamos sobre essa febre de profissionais que se intitulam capazes de realizar Harmonização Facial e enfática ela afirmou: “Devemos confiar nas pessoas que têm conhecimento e anos de estudos, para realizarmos quaisquer procedimentos. E a palavra chave disso é segurança. Afinal, o paciente está entregando seu corpo, seu rosto, para uma ação que, inclusive, pode trazer danos irreversíveis”, enfatizou.